conecte-se conosco

Carros

Volkswagen confirma produção de perua 100% elétrica

Publicado


source
Space Vizzion
Divulgação

Informação foi confirmada pelo CEO da Volkswagen em rede social

A Volkswagen tem um objetivo claro para a década: superar a Tesla no segmento dos carros elétricos. As primeiras investidas já começaram com o lançamento dos novos ID.3 e ID.4 , mas a marca planeja ir além. Segundo Ralf Brandstätter, CEO da fabricante, está confirmada a produção de uma perua 100% elétrica para o mercado global.

O anúncio de Brandstätter, feito no seu perfil do Linkedin, não dá muitas pistas sobre o modelo. É certo que ele será feito sobre a plataforma MEB do Grupo Volkswagen, exclusiva para veículos elétricos, e terá design inspirado no conceito ID. Space Vizzion mostrado no Salão de Los Angeles (EUA) no ano passado.

O modelo terá coeficiente de arrasto aerodinâmico baixo e aproximadamente 700 km de autonomia. Como os modelos da nova família elétrica são lançados com poucas alterações na comparação com os conceitos, espera-se que a nova perua elétrica siga a linguagem visual do Space Vizzion à risca. 

O conceito mostrado em Los Angeles foi apresentado como um veículo para quatro ocupantes. Sua versão de produção, entretanto, deverá ter espaço para cinco. Detalhes sobre baterias continuam escassos, mas podemos esperar um conjunto de 82 kWh que tenha capacidade para entregar 275 cv de potência.

No Brasil

VW ID.4
Divulgação

VW ID.4, primeiro SUV elétrico da fabricante alemã

A Volkswagen nunca escondeu o interesse de eletrificar sua linha de produtos no Brasil. O VW Golf GTE híbrido foi o primeiro modelo na categoria, mas a fabricante alemã pretende ampliar as possibilidades nos próximos anos. A principal alternativa deverá ser o SUV ID.4 .

O utilitário esportivo tem bateria capaz de armazenar até 77 kWh de energia, proporcionando autonomia máxima de 520 km. O motor elétrico posicionado no eixo traseiro gera força equivalente a 204 cv de potência. Dessa forma, o ID.4 poderá acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos, com velocidade máxima de 160 km/h. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
publicidade

Carros

Ducati Diavel 1260 ganha versão desenvolvida com a Lamborghini

Publicado


source
Ducati Diavel 1260 Lamborghini
Divulgação

Ducati Diavel 1260 Lamborghini: duas supermáquinas que tem o alto desempenho (e as cores) em comum


Ducati e Lamborghini são conhecidas pelos seus modelos esportivos e têm em comum o fato de serem ambas parte do Grupo Volkswagen. Pois as duas empresas se uniram para desenvolver a Diavel 1260 Lamborghini, edição limitada da moto esportiva da Ducati criada em parceria com a fabricante de carros.


Baseada na Ducati Diavel 1260 S , que está à venda no mercado brasileiro por R$ 109.990, a série especial foi inspirada no Lamborghini Sián FKP 37 , modelo com produção de apenas 63 unidades e que traz um conjunto motriz híbrido de 819 cv.

Partindo das linhas do hipercarro, os desenhistas da Ducati criaram novos componentes para a moto esportiva. Um exemplo são as rodas forjadas de baixo peso. Outro destaque da esportiva é a carenagem, que recebeu diversos componentes redesenhados e produzidos em fibra de carbono, como a moldura do farol, para-barros, tomadas de ar e cobertura do radiador. 


Da mesma fonte saiu a pintura da Diavel 1260 Lamborghini. Praticamente dispensando o tradicional vermelho da Ducati (que está presente apenas nas pinças de freio da Brembo), a carenagem é pintada em Verde Gea, enquanto as rodas recebem o tom Oro Electrum. Mesmas cores empregadas no Sián.

Outro detalhe de estilo presente na Diavel 1260 Lamborghini é o número 63, que remete ao ano de 1963, quando foi fundada a fábrica de carros baseada em Sant’Agata Bolognese.  Esse detalhe também pode ser encontrado em um capacete especial pintado na mesma cor da moto, que será oferecido também na linha de acessórios da Ducati.

Mecanicamente, a Ducati não mexeu no conjunto mecânico da Diavel 1260 Lamborghini . Já compatível com o novo padrão de emissões Euro 5, a moto desenvolve 162 cv a 9.500 rpm e 13,2 kgfm a 7.500 rpm e tem um peso seco de 220 kg. A lista de equipamentos inclui suspensões Öhlins ajustável na dianteira e traseira, controle de largada e de tração, anti-wheelie e controlador automático de velocidade de cruzeiro.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana