conecte-se conosco

Entretenimento

Zé de Abreu é condenado na Justiça após compartilhar fake news sobre Bolsonaro

Publicado

 

 

José de Abreu ainda não se posicionou sobre o assunto
José de Abreu ainda não se posicionou sobre o assunto

José de Abreu, conhecido por atuar em novelas da Globo, foi condenado a indenizar o Hospital Albert Einstein em R$ 20 mil, conforme decisão publicada neste sábado (04) pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Em janeiro de 2019, José de Abreu publicou em seu perfil do Twitter uma notícia falsa, afirmando que a unidade de saúde arquitetou, junto do serviço de inteligência de Israel, uma suposta facada sofrida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad [serviço secreto de Israel], com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM [primeiro-ministro] israelense, o fascista matador e corruptor Bibi [Benjamin Netanyahu]”, escreveu o ator à época.

Apesar de ter apagado a postagem após a repercussão negativa, a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira acionou a Justiça em busca de uma indenização por danos morais. Em julho de 2019, o TJ já havia condenado Abreu a pagar o valor de R$ 20 mil em 1ª instância.

A juíza Claudia Carneiro Calbucci Renaux, da 7ª Vara Cível de São Paulo, afirmou que o ator da Globo “não se limitou a mera crítica em relação ao atual cenário político, mas fez verdadeira afirmação quanto à existência de um conluio entre o governo de Israel, a igreja evangélica e o hospital com o propósito de cometer ato criminoso”. José de Abreu ainda não se manifestou sobre o assunto. As informações são do Uol .

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Morre Olivia de Havilland, de “O Vento Levou”, aos 104 anos

Publicado


source

Olivia de Havilland, que estrelou o filme “E o Vento Levou”, de 1939, morreu na noite do último sábado (25), aos 104 anos. A notícia foi confirmada pelo site Entertainment Weekly, que informou que a atriz morreu de causas naturais enquanto dormia em sua casa em Paris.

Olivia de Havilland
Divulgação

Olivia de Havilland


Ícone da era de ouro do cinema, ela tem dois Oscar de melhor atriz. Depois de se aposentar, ela fez poucas aparições públicas, mas retornou a Hollywood em 2003 para participar da 75ª edição dos Oscar.

Filha de pais ingleses, a atriz nasceu no Japão. Naturalizada norte-americana, cresceu na Califórnia e vivia em Paris desde 1953.  Sua estreia nos cinemas foi em uma adaptação de 1935 do clássico de Shakespeare “Sonho de Uma Noite de Verão”. Na televisão, ela trabalhou na minissérie de 1976 “Roots: The Next Generation”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana