conecte-se conosco


Nacional

Zé Trovão se entrega à Polícia Federal em SC

Publicados

em

 

 

source
Defesa diz que caminhoneiro se entregou nesta terça (26)

Defesa diz que caminhoneiro se entregou nesta terça (26) – Reprodução/redes sociais

Na tarde desta terça-feira (26), a defesa do caminhoneiro bolsonarista Marco Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, disse que ele se entregou à Polícia Federal.

Em nota, os advogados Elias Mattar Assad e Thaise Mattar Assad afirmaram que o influenciador bolsonarista se apresentou ao delegado-chefe da PF em Joinville (SC), cidade onde mora, de maneira voluntária.

Ainda segundo o texto, a defesa agora entrará com um pedido de liberdade para o caminhoneiro.

Ele foi alvo de uma ordem de prisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, decretada em 1º de setembro, por incitar violência e atos antidemocráticos nas manifestações de 7 de setembro.

De acordo com fontes que acompanhavam o paradeiro dele, Zé Trovão teria viajado do México para o Peru na semana passada com o objetivo de retornar para o Brasil. De lá, o bolsonarista teria retornado ao Brasil no último final de semana e ficou escondido alguns dias com sua família, até se entregar hoje.

Comentários Facebook
Propaganda

Nacional

Anvisa afirma que diretores do órgão não foram intimados pela Polícia Federal

Publicados

em

 

 

source
Anvisa afirma que diretores não foram intimados pela Polícia Federal

Anvisa afirma que diretores não foram intimados pela Polícia Federal – Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nota na manhã desta terça-feira (30) que desmente uma informação divulgada pelo portal Metrópoles sobre uma possível operação da Polícia Federal no órgão brasileiro.

Segundo a entidade, “nenhum dos cinco Diretores da Anvisa, a saber Antonio Barra Torres, Meiruze de Souza Freitas, Rômison Rodrigues Mota, Cristiane Rose Jourdan Gomes e Alex Machado Campos, recebeu qualquer tipo de contato ou interpelação pela Polícia Federal”.

A Anvisa ressalta, ainda, que não procede a informação de que há a presença de policiais federais na sede do órgão para a realização de uma possível operação.

O esclarecimento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária vem de encontro às revelações do Metrópoles. De acordo com o portal, agentes de segurança investigam fraudes que envolvem a entrega de medicamentos de alto custo. A aquisição dos remédios teria sido feita com recursos públicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana